Como os exercícios de alta intensidade te deixam mais jovem

capa alta intencidade

Folheando uma revista, vi um anúncio que descrevia um atleta de triatlo correndo em um Exercícios de alta intensidade com uma careta rígida e cansada. Isso me pareceu engraçado porque não mais que uma hora antes eu tinha acabado de escrever sobre triatletismo como nada mais que uma “brincadeira”, “descanso” e “diversão”.

 

O atleta daquela foto não parecia estar se divertindo, e a imagem não fazia parecer que o triatlo é um descanso. Brinquei um pouco com isso no Facebook, até. Porém, agora eu suspeito que fui um pouco precipitado em meu julgamento.

corredor

 

 

É verdade que aquele atleta da foto não estivesse mesmo tendo um momento divertido naquele momento. Ele provavelmente estava dando tudo de si, o máximo de sua potência, e podia estar sofrendo com pensamentos negativos cada vez maiores por causa disso. E isso não é nada divertido.

 

John Ratey

 

 

Isso se relaciona muito com uma entrevista de John Ratey, autor da obra Spark: The Revolutionary New Science of Exercise and the Brain (Spark: A nova e revolucionária ciência do exercício e do cérebro). Ele estava falando sobre os possíveis efeitos dos exercícios de todos os tipos, mas principalmente os de alta intensidade.

 

 

 

Os esforços do homem, todo o esforço da veia, desencadeia no corpo uma verdadeira inundação de hormonios e neutransmissores da felicidade, incluindo dopamina, serotonina, óxido nítrico e endocanabinoides. Aquele homem da foto também estava bombeando quantidades enormes de hormônios de crescimento – um hormônio natural que aumenta a massa muscular e a queima de gordura, e, como o nome pode indicar, ajuda a manter nossos corpos mais jovens.

 

 

ALTA INTENCIDADE

 

Um estudo no Journal of Sport Sciences informou que os níveis de hormônio de crescimento humano aumentaram 530% após apenas 30 segundos de corrida de bicicleta. Então, sim, o cara

daquela imagem estava se dirigindo direto para a adolescência, diante a produção de hormônios.

 

 

 

E talvez este seja o ponto. Você pode colocar toda a sua energia, e até raiva, toda sua vida, naquela atividade física que você está fazendo. Então, quando você terminar, você podeir no bar, sorrir, beber uma cerveja e se sentir um adolescente, já ansioso pela próxima vez que você pode sair e praticar a atividade de novo.

 

(Texto original por Selene Yeager)